Aprenda a transformar seu hobby em negócio e comece a empreender!

transformar hobby em negócio

Aprenda a transformar seu hobby em negócio e comece a empreender!

Transformar hobby em negócio é uma maneira que algumas pessoas têm encontrado para trabalhar com aquilo que ama. Embora isso tenha seus benefícios, é algo que necessita de bastante dedicação, como qualquer outra empresa.

Fazer bolos, prestar serviços ou até mesmo trabalhar diretamente a arte das vendas, acaba deixando de ser algo realizado nos fins de semana para uma atividade diária. 

Portanto, elas precisarão ser desempenhadas mesmo que a pessoa esteja desanimada ou sem criatividade.

Agora, se você já se decidiu e quer saber como fazer isso na prática, continue lendo este artigo que preparamos para você.

 

Por que transformar um hobby em negócio?

Trabalhar com aquilo que gosta pode ser algo muito vantajoso, pois é algo que geralmente se tem mais facilidade para executar. Além disso, focar em habilidades pessoais pode tornar a rotina muito mais prazerosa.

Algumas pessoas inclusive tendem a ter mais sucesso ao transformar hobby em negócio, do que trabalhando em empresas de terceiros ou em atividades que não gostam.

 

É possível ganhar dinheiro tendo um hobby como profissão?

Sim, uma atividade que você gosta ou tem facilidade em executar pode ser bastante lucrativa. Entretanto, ao transformá-la em um negócio é preciso se dedicar totalmente à ela.

Uma empresa, independente do ramo, necessita de disciplina, foco, planejamento e gestão estratégica. Portanto, para que um hobby passe a ser sua principal fonte de renda, é necessário passar a vê-lo como um empreendimento.

 

7 dicas para transformar um hobby em profissão

Veja a seguir dicas práticas para você começar a empreender na área que gosta.

1. Avalie se o seu hobby é realmente lucrativo no médio e longo prazo

Primeiramente, verifique se a atividade pode ser rentabilizada e se isso não é coisa momentânea. Afinal, muitos hobbies são passageiros ou sazonais e não dão lucro a médio e longo prazo, como guirlandas de Natal ou Ovos de Páscoa.

Dessa forma, realize pesquisas e faça um estudo para estabelecer uma meta de renda e quanto precisa ser vendido mensalmente para alcançá-la.

2. Busque saber se existe concorrência neste mercado

Da mesma forma que é importante saber se a atividade é lucrativa, também é indicado buscar entender melhor o mercado. 

Nesse sentido, para transformar hobby em negócio, é preciso:

  • Verificar se existem pessoas interessadas em comprar aquele tipo de produto ou contratar o serviço;
  • Buscar conhecer outros profissionais que desempenham aquela atividade;
  • Procure saber, através de pesquisas, o que o potencial cliente espera do produto;
  • Estude diferenciais para o item ou serviço;
  • Pesquise quanto o seu concorrente cobra pelo hobby;
  • Entre outros.

Saber se existe mercado pode representar uma oportunidade de negócio, ou seja, aquilo é realmente necessário mas ainda não é explorado.

Por outro lado, pode ser um alerta de que as pessoas não costumam trabalhar com aquela atividade ou ela não é interessante para o público.

3. Aposte em especializações

Essa é uma das dicas principais para quem quer transformar hobby em negócio. 

Muitas pessoas não dão muita importância para cursos por acharem que já são boas o bastante ou que aquilo é muito simples. No entanto, quanto mais conhecimento se tem maior são as chances de se destacar no mercado.

Portanto, mesmo que você faça algo durante muitos anos, busque por especializações na área ou aprenda técnicas que represente um diferencial para o seu negócio.

Além disso, faça cursos nas áreas de administração e empreendedorismo. Entender como gerir uma empresa é essencial para que ela seja lucrativa e recursos não sejam perdidos a médio e longo prazo.

4. Faça networking para transformar hobby em negócio

Antes de abrir uma empresa, é importante conhecer pessoas da área. Elas podem te dar ideias de melhorias, sugestões criativas ou apresentar a parceiros ou clientes. 

Portanto, não deixe de participar de feiras e eventos ligados ao seu hobby mesmo que tudo não passe de uma ideia ainda. Outra forma de fazer networking é se inscrever em cursos que tenham relação com o mercado de interesse. 

5. Monte um plano de negócios

Depois de pesquisar sobre as oportunidades de mercado e se a atividade é lucrativa, é recomendado que você elabore um plano de negócios

Ele é um documento que reúne diversos dados e informações sobre a empresa, bem como as oportunidades e seus diferenciais.

Esse tipo de planejamento é essencial para quem está pensando em transformar hobby em negócio, pois ele ajuda a:

  • Organizar as ideias;
  • Estabelecer a estrutura da empresa;
  • Facilitar a comunicação entre sócios;
  • Captar recursos iniciais;
  • Prever quanto é necessário investir para começar a operar;
  • Entre outros.

6. Invista em marketing para transformar hobby em negócio

Com o plano de negócios prontos, já é possível mostrar seus produtos ou serviços para os potenciais clientes.

A internet é uma ótima forma de fazer isso, afinal, é possível criar uma página no Facebook ou um site em poucos passos e de forma gratuita.

Do mesmo modo, é fundamental investir em estratégias de marketing. Esse tipo de ação faz com que clientes em potencial conheçam o que você faz e passe a consumir seus produtos ou serviços.

Sendo assim, busque aprender mais sobre essa área e entender como posicionar o seu negócio no digital.

7. Conte com uma contabilidade especializada

Por fim, não deixe de iniciar seu negócio da maneira correta. O suporte de um escritório de contabilidade é fundamental para abrir uma empresa de acordo com a legislação e evitar perda de tempo ou de recursos. 

Esse tipo de serviço também ajuda a definir qual o melhor tipo de enquadramento para quem quer transformar hobby em negócio, se é Microempreendedor Individual (MEI) ou Empreendedor Individual (EI), por exemplo.

Auxílio Contábil é uma contabilidade em Palmas especializada em pequenos negócios e pode ajudar a gerir seu empreendimento no âmbito contábil ou atuar como uma contabilidade consultiva.

 

Quando vale a pena transformar hobby em negócio? 

Ter facilidade em executar determinada atividade ou possuir uma habilidade muito requisitada no mercado são indícios de que os hobbies podem ser fontes de lucro.

Dessa forma, talvez seja interessante iniciar um empreendimento caso você saiba desenvolver jogos, tirar fotos, programar sites ou marketing digital. Essas habilidades estão cada vez mais em alta.

Entretanto, antes de transformar hobby em negócio, é necessário buscar saber se existe cliente em potencial para aquele produto ou serviço e especializar.

Além disso, é importante iniciar uma empresa de acordo com a legislação. Por isso, fale agora mesmo com a Auxílio Contábil e saiba quais são os passos para tirar seu CNPJ ou escolher o melhor enquadramento jurídico.

 

<a href="https://auxiliocontabil.com.br/author/eduardo/" rel="author">Redação Auxílio Contábil</span></a>

Todas as nossas ações estão sempre pautadas em valores os quais defendemos, tais como: Satisfação do cliente; Ética Profissional; Respeito; Confiança; Credibilidade; Responsabilidade Social.

Abrir Mei Grátis Online3 - Auxilio Contábil

Inscreva-se para receber novidades!

Rolar para cima