O que é a Guia da Previdência Social? Entenda como funciona e o recolhimento

Guia Previdencia Social - Auxílio Contábil

O que é a Guia da Previdência Social? Entenda como funciona e o recolhimento

A Guia da Previdência Social é um documento de recolhimento pela empresa fundamental para garantir o futuro dos colaboradores do negócio quando falamos em aposentadoria.

Este tributo, muitas vezes emitido pela própria contabilidade, realiza um recolhimento mensal, que tem como finalidade oferecer a oportunidade de aposentadoria para os contribuintes.

No entanto, apesar de ser algo obrigatório em todas as companhias, é muito comum que alguns empreendedores ainda não saibam do que ela se trata e sua verdadeira importância.

Para ajudar a entender esse processo de maneira mais assertiva, preparamos este conteúdo completo sobre  as principais informações sobre a Guia da Previdência Social para te ajudar! 

 

O que é a Guia da Previdência Social?

A Guia da Previdência Social é um título que tem como função recolher as contribuições previdenciárias que são realizadas pelos seus contribuintes.

Esses profissionais podem ser físicos, autônomos ou até mesmo empresas.

O registro reúne informações de cadastro de quem está no programa junto ao INSS e é por meio delas que os pagamentos são efetuados ao Governo Federal.

Todos os profissionais são obrigados a realizar esta contribuição, sendo que eles são categorizados em diferentes perfis:

  • Empregado: trabalhadores contratados com carteira assinada, temporários e pessoas que prestam serviço a órgãos públicos sem realizarem concurso;
  • Contribuinte individual: profissionais que prestam algum tipo de serviço para uma empresa sem que tenha nenhuma relação empregatícia com ela;
  • Contribuinte facultativo: pessoas com mais de 16 anos que não têm renda própria, mas contribuem para a Previdência;
  • Contribuinte especial: todo o trabalhador que exerça seu trabalho em atividades rurais para o sustento da própria família;
  • Empregados domésticos: aqueles que prestam serviço em residências particulares, desde que a atividade não tenha fins lucrativos para quem emprega.

Através do cadastro no Programa de Integração Social (PIS), é que o mês que está sendo pago será identificado.

 

Qual a importância da Guia da GPS para o empreendedor e para o colaborador

A Guia da GPS é indispensável para contribuir com a futura aposentadoria dos colaboradores de um negócio.

Além disso, caso ela não seja recolhida, a empresa pode arcar com inúmeros problemas fiscais e tributários, correndo também o risco de ir à falência e até mesmo de enfrentar uma investigação do Ministério Público.

 

Como funciona o recolhimento da Guia da Previdência Social?

É muito importante saber como o recolhimento da Guia da Previdência Social funciona, para que ele seja realizado da forma correta, evitando possíveis problemas e multas para a sua empresa.

No entanto, esse processo é feito de formas diferentes para cada um dos perfis de contribuintes.

Por conta disso, é de extrema importância conhecer como esse pagamento é feito, veja:

Empresa e Equiparado

O recolhimento da Guia da Previdência Social para esse grupo deve ocorrer até o 20º dia do mês seguinte ao que se refere a contribuição e o 13º salário deve ser realizada até o dia 20 de dezembro.

Por exemplo, a contribuição que se refere ao mês de junho deverá ser feita no dia 20 de julho.

Em casos que não houver expediente bancário na data de vencimento, o pagamento deverá ocorrer no dia seguinte.

Contribuinte Individual

O pagamento deste grupo deve ocorrer até o dia 15 do mês seguinte ao que se refere a contribuição.

Neste caso, o recolhimento referente ao mês de junho, será feito até o 15º dia do mês de julho.

Microempreendedor individual

Todo microempreendedor formalizado necessita realizar o pagamento das suas guias de pagamento (DAS) até o dia 20 de cada mês.

Elas são geradas no próprio portal do MEI.

Empreendedor

A contribuição da Guia da Previdência Social do empreendedor ocorre por meio do pagamento deste documento.

Ele pode ser gerado para um mês específico ou então para um período, desde que esse tempo não seja anterior aos últimos cinco anos.

 

Aprenda a fazer o cálculo da Guia da Previdência Social!

O processo para realizar o cálculo da Guia da Previdência Social é muito importante para garantir que ele seja feito corretamente.

Essa computação deve ser feita em cima do valor bruto total do salário presente em folha, considerando os descontos e todos os benefícios.

Horas extras, faltas sem justificativas e atrasos devem ser considerados para que o resultado seja exato.

O cálculo já é feito de forma automática desde 2015 por meio do portal do INSS, porém, ele também pode ser realizado pelo telefone da central (135).

Confira o passo a passo do processo no portal:

  1. Acesso o site do INSS;
  2. Vá na opção “SALWEB” que permite calcular as contribuições previdenciárias devidas;
  3. Escolha entre contribuintes filiados antes ou a partir de novembro de 1999, entre empresas equiparadas e órgãos públicos;
  4. Preencha com o seu número PIS/PASEP;
  5. Confirme o processo;
  6. Preencha com os dados solicitados pela página de redirecionamento e finalize.

Existem também diversos meios de preencher a guia para o pagamento das suas contribuições e no próprio portal poderá ter acesso aos seus valores do ano passado.

 

5 formas de fazer o pagamento da guia de GPS

Hoje em dia, é possível realizar o pagamento da Guia de GPS de diversas formas diferentes, por exemplo:

  1. Em bancos;
  2. Casas lotéricas;
  3. Internet banking;
  4. Débito em conta corrente;
  5. Por meio de aplicativos.

O ideal é sempre optar pela versão que mais se adapte ao seu dia a dia, evitando que qualquer uma das Guias seja esquecida.

Além disso, ela pode ser paga por meio de espelho bancário (onde o usuário precisa copiar todas as informações para a tela da instituição financeira) e utilizando o código de barras.

 

Principais dúvidas sobre a Guia da Previdência Social

É muito comum que as pessoas apresentem algumas dúvidas sobre a Guia da Previdência Social, que, geralmente, são muito importantes para o processo.

As principais delas são:

Qual a diferença entre contribuinte individual e facultativo?

O contribuinte individual tem a obrigação de pagar o INSS sobre a sua remuneração mensal.

Já o facultativo é aquele que não exerce nenhum tipo de atividade remunerada, pode escolher se deseja ter a proteção da previdência social.

Neste caso, o trabalhador não é obrigado a pagar o INSS.

Quais são os juros da Guia de GPS atrasada?

Atualmente, existe uma aplicação de juros moratórios de 0,5% ao mês, dos quais são capitalizados anualmente.

No entanto, eles são limitados ao percentual máximo de 50% e uma multa de 10% sobre o valor das Guias da Previdência Social que estão em atraso.

Quais são os prazos de recolhimento?

Como foi comentado anteriormente, os prazos variam de acordo com cada um dos perfis dos contribuintes:

  • Empresa: dia 20 do mês seguinte;
  • Contribuinte individual: dia 15 do mês seguinte;
  • Microempreendedor: até todo dia 20 de cada mês;
  • Empreendedor:Todos os meses ou uma única vez para um período inteiro.

É importante que todas as pessoas saibam o prazo do seu tipo de serviço para evitar atrasos e multas.

 

Preencher a Guia do GPS é fácil?

Além de ser um procedimento muito fácil, você também pode preencher a sua Guia do GPS pela internet, sem a necessidade de comparecer ao INSS.

Para isso, você precisará apenas entrar no site da Receita Federal e realizar o passo a passo apresentado nele.

Entretanto, para não correr o risco de realizar o procedimento errado e precisar arcar com taxas, tributos e outros problemas fiscais que podem surgir, contar com a ajuda de um escritório de contabilidade em Palmas é fundamental!

 

Fale com a Auxílio Contábil para te ajudar na emissão da Guia da Previdência Social

Se você ainda está com dificuldades para emitir a sua Guia da Previdência Social, conte com a Auxílio Contábil.

Por aqui, além de realizarmos todos os cálculos necessários, enviamos guias e tributos para que nossos clientes consigam focar seus esforços em fazer o negócio crescer. A parte burocrática, sempre fica com a gente!

Nossa empresa é especializada em todos os assuntos da área, contando com profissionais preparados para auxiliar nesse tipo de processo.

Quer entender como a gente pode te ajudar? Entre em contato com a nossa equipe e conheça os benefícios de fazer parte da Auxílio!

 

Abrir Mei Grátis Online3 - Auxilio Contábil

Inscreva-se para receber novidades!

Rolar para cima