skip to Main Content
O Que é IRPF E Por Que Você Deve Declará-lo?

O que é IRPF e por que você deve declará-lo?

Entender o que é IRPF e a sua importância é imprescindível para declarar o seu imposto sem problemas!

Conforme o próprio site da Receita Federal descreve o Imposto de Renda de Pessoa Física, é bem fácil entender o que é IRPF, veja só:

“Este imposto incide sobre a renda e os proventos de contribuintes residentes no país ou residentes no exterior que recebam rendimentos de fontes no Brasil.”

O que é IRPF? Esse é o imposto mais importante do Brasil, e o dinheiro arrecadado com ele é direcionado a diversas áreas, tais como programas de saúde, educação, desenvolvimento social, obras de infraestrutura, cultura e esportes. Além disso, os cargos públicos têm seus salários pagos com dinheiro público, ou seja, arrecadado através de impostos.

Portanto, deve declarar o imposto de renda de Pessoa Física quem tem rendimentos de fontes nacionais.

A declaração do IRPF acontece no começo de cada ano, e sempre é fonte de preocupação por parte dos contribuintes, tamo no que diz respeito à elaboração da declaração quanto aos prazos. Mas, sem dúvida alguma o pensamento que permeia as mentes dos contribuintes é sobre a restituição do IRPF, que ocorre no segundo semestre do ano vigente!

Mas, é preciso destacar que existem exceções, o que significa que nem todo mundo precisa declarar o IRPF.

Em 2019, por exemplo, segue quem deve declarar o IRPF!

Quem deve declarar o irpf em 2019?

Quem tiver recebido rendimentos isentos, tributados exclusivamente na fonte ou mesmo não tributáveis acima de R$ 40 mil, deverão realizar a declaração de ajuste anual, algo que também deve ser realizado por aqueles que tiveram ganho de capital na alienação de bens ou direitos no ano passado, desde que sujeito à incidência do imposto. Quem tiver realizado operações em Bolsas de Valores e similares também entra nessa categoria.

Trabalhadores rurais cuja receita bruta tenha ultrapassado R$ 142.798,50 também deverão declarar o IRPF 2019.

Se até o dia 31 de dezembro de 2018 você tiver tido posse ou propriedade de bens e direitos, incluindo terra nua, em um valor acima de R$ 300 mil, será necessário realizar a declaração, assim como quem optou pela isenção do IR sobre o ganho de capital resultante da venda de imóveis residenciais, desde que esse valor tenha sido utilizado para comprar qualquer outro bem residencial em um intervalo de 180 dias após o contrato ou a assinatura.

Qualquer cidadão que tenha passado a morar no Brasil até o dia 31 de dezembro de 2018 deve realizar a declaração do IRPF 2019.

Agora que você sabe o que é IRPF e para onde o dinheiro arrecadado com ele vai, é hora de entender a importância de não perder o prazo da declaração!

Por que você não pode perder o prazo da declaração

Bom, para começar, você perde a chance de obter, dentro do prazo, uma importante declaração de renda, que pode ser utilizada como comprovante para compras. Além disso, você pagará sérias multas pelos atrasos, que podem chegar até 20% do imposto devido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top