Tomada de decisão: O quão importante esse processo é para o empreendedor?

tomada de decisão

Tomada de decisão: O quão importante esse processo é para o empreendedor?

No cotidiano, a tomada de decisão de um empreendedor é um dos pontos mais importantes para quem tem um negócio.

Em geral, um gestor deve lidar com várias demandas ao mesmo tempo. Por isso, é preciso agir de maneira rápida e ao mesmo tempo eficiente.

Enquanto uma decisão errada pode levar uma empresa à falência, uma atitude certa pode ser o maior acerto profissional e pessoal para todos os que fazem parte do projeto.

Alguns empreendedores, por exemplo, transformaram a própria empresa e até agora já faturaram cerca de R$ 3 milhões na pandemia

Tudo isso por saber tomar decisões corretas.

Para te ajudar a ter bons resultados como esse, a Auxílio Contábil preparou este conteúdo com o objetivo de ajudar a melhorar sua tomada de decisão, visando trazer vários benefícios ao seu negócio.

Por que uma tomada de decisão é tão importante para o empreendedor?

Em muitos casos, o empreendedor é o único responsável pela tomada de decisão que determinará algo importante para a empresa, independentemente que acarretem em consequências positivas ou negativas.

A partir desta centralidade no empreendedor, o negócio se torna dependente dele para funcionar e evoluir.

Logo a importância de se saber decidir é primordial para o empreendedor.

Como analisar uma situação visando a melhor tomada de decisão?

Embora muitos acreditem que o melhor caminho é seguir os instintos, uma tomada de decisão assertiva e consciente conta com muito mais que isso.

Muitos empreendedores criam seus próprios sistemas para tomar decisão, no entanto para que qualquer um deles funcione é preciso que exista uma análise situacional coerente.

Além disso, esta análise precisa abranger o ambiente interno e externo da empresa.

Mesmo assim, será preciso seguir alguns passos para garantir que a tomada de decisão seja a melhor possível.

As etapas para conseguir ter uma tomada de decisão assertiva

Seguindo este tipo de sistema com quatro passos simples para realizar uma tomada de decisão, o empresário desenvolve uma capacidade mais ampla e completa para definir situações que precisem de sua intervenção no futuro.

Confira abaixo um pouco mais sobre cada uma das principais etapas deste processo. 

1. Identifique o problema

Uma tomada de decisão normalmente vem cercada de muito ruído de comunicação. Por isso, a primeira coisa a se fazer é encontrar a causa do problema que esteja enfrentando.

Quando a questão central não é identificada, o empreendedor corre o risco de decidir errado e, por consequência, piorar a situação.

2. Colete dados relevantes

Ao coletar dados relevantes, você amplia sua visão sobre a situação e descobre onde e como este problema afeta sua empresa. 

Para coletar os dados você pode usar diferentes meios, que vão estar mais relacionados com a causa do problema já identificada.

Por exemplo, se o problema é com reclamações de clientes, você pode desenvolver um questionário online e enviar para os clientes por meio de email marketing.

Ou se o problema for de comunicação interna, entrevistar os funcionários é outro caminho aceitável.

3. Identifique diferentes alternativas

Para que exista uma tomada de decisão é preciso que haja alternativas.

Sendo assim, é importante identificar cada alternativa e conhecer suas possíveis consequências. 

Receber sugestões também pode te auxiliar neste processo. 

Nesse caso, ter a oportunidade de conversar com as pessoas envolvidas na situação e escutar o que elas têm a dizer pode fazer a diferença no longo prazo. 

4. Tome a decisão e acompanhe os próximos passos

Após identificar as alternativas, chegou a hora de tomar uma decisão. Aqui, o mais indicado é elaborar cenários onde cada alternativa foi posta em prática. 

Desta forma é possível avaliar se a alternativa realmente soluciona o problema, ou se ela acarretará em novas situações.

Pode acontecer de no momento não ser possível desenvolver uma solução definitiva, neste caso retome o segundo passo e preencha todas as lacunas que ficaram para trás.

Acima de tudo é essencial acompanhar e documentar o desenrolar da situação, assim você terá material futuro para consultar caso uma situação parecida venha a aparecer.

O que levar em consideração durante a tomada de decisão?

É preciso sempre levar em consideração os ambientes internos e externos da empresa, assim se o problema for externo sua solução não pode causar um problema interno. E vice e versa.

Além disso, sua tomada de decisão não pode deixar sua empresa mal posicionada no mercado. 

Por isso, é preciso sempre ficar atento às influências externas e à concorrência.

Sobretudo é importante estar sempre atento aos processos da empresa para saber quando é o momento ideal e conhecer o histórico do negócio.

a. O momento ideal

Uma tomada de decisão atrasada dificilmente evitará danos ao seu negócio e você terá que lidar com um novo problema mais tarde.

Já uma decisão prematura tem o poder de intensificar o problema e causar mais danos do que havia sido previsto.

Identificar o momento ideal de implementar uma solução, está intrínseco ao processo de decisão de um empreendedor que conhece sua empresa e acompanha sua evolução em detalhes.

b. Histórico da empresa

Como nos avisou Edmund Burke, filósofo irlandes do século 18, “aquele que não conhece sua história está fadado a repeti-la”.

Nesta frase está contida toda a importância de conhecer todo o histórico da empresa.

Dessa forma, caso algo parecido já tenha ocorrido antes, você saberá quais são os resultados se tomar determinada decisão.

Além disso, se você conhecer a história da empresa é possível identificar se o problema foi recorrente ou não e assim tomar uma decisão mais assertiva para que ela não volte a acontecer.

Quem pode ajudar na tomada de decisão 

Normalmente as pessoas mais próximas ao problema ou que vão ser impactadas pela solução são ideais para ajudar na tomada de decisão.

Sendo assim, conversar com seus funcionários é uma ótima estratégia.

No caso da situação ser mais complexa do que se mostrou no começo do problema, o empreendedor tem ainda a possibilidade de contratar um consultor empresarial para ajudá-lo na escolha final.

Consultores empresariais trazem uma grande bagagem de experiência e um distanciamento financeiro e emocional da empresa que proporciona uma visão diferenciada das possíveis soluções.

Além disso, vale destacar também que outros empresários contam com uma expertise e um olhar diferente do seu.

Por isso, conhecer novos empreendedores ou até frequentar seminários e palestras de empresários de sucesso pode ajudar bastante e garantir decisões de sucesso.

<a href="https://auxiliocontabil.com.br/author/eduardo/" rel="author">Redação Auxílio Contábil</span></a>

Todas as nossas ações estão sempre pautadas em valores os quais defendemos, tais como: Satisfação do cliente; Ética Profissional; Respeito; Confiança; Credibilidade; Responsabilidade Social.

Abrir Mei Grátis Online3 - Auxilio Contábil

Inscreva-se para receber novidades!

Rolar para cima