Quanto custa um funcionário em Palmas? – 3 dicas para analisar antes de contratar o seu colaborador!

Quanto Custa Um Funcionario Em Palmas - Auxílio Contábil

Quanto custa um funcionário em Palmas? – 3 dicas para analisar antes de contratar o seu colaborador!

Saber quanto custa um funcionário em Palmas é essencial quando se quer aumentar a equipe. Afinal, dependendo do tipo de contratação, o valor pago pela empresa inclui direitos trabalhistas, como férias remuneradas, 13º salário, e outros encargos.

Nesse sentido, mesmo que você pague um salário mínimo ao colaborador, o percentual desembolsado para a contratação poderá ser mais de 50%.

Agora, se você deseja saber como fazer esse cálculo, continue lendo este artigo que preparamos para te ajudar!

 

Por que é importante saber quanto custa um funcionário em Palmas?

Contratar um colaborador tem custos que vão além do seu salário, pois inclui ainda os benefícios previstos na Consolidação das Leis Trabalhistas(CLT) ou na convenção de trabalho, como vale refeição, FGTS, entre outros.

Dessa maneira, essa ação representa um custo que a empresa terá que arcar mensalmente. Por isso, deve ser bem avaliada. 

 

Como saber quanto custa um funcionário em Palmas?

Primeiramente é fundamental considerar os gastos da contratação, ou seja, o salário e benefícios pagos ao trabalhador, bem como os tributos exigidos pela CLT, caso esse seja o tipo escolhido.

Nesse caso, é preciso se atentar a diversos fatores, como:

  • Enquadramento da empresa;
  • Valor pago ao funcionário;
  • Convenção trabalhista;
  • Benefícios.

1. Entenda qual o enquadramento da sua empresa

O regime tributário é fator determinante na hora de saber quanto custa um funcionário em Palmas. Isso porque a empresa enquadrada no Simples Nacional terá encargos diferentes daquela que está no Lucro Real ou Presumido, e vice e versa.

Do mesmo modo, também é fundamental saber se ela é uma Micro Empresa (ME), Eireli, Sociedade Limitada Unipessoal (SLU) ou LTDA, já que cada formata jurídico conta com regras específicas sobre o número de colaboradores a serem contratados.

2. Sobre os custos diretos pagos ao funcionário

Nesta conta também precisa ser calculado o valor que será pago diretamente ao funcionário.

Ou seja, o salário, as comissões, benefícios, como vale transporte e alimentação devem ser calculados para saber, de fato, quanto custa um funcionário em Tocantins.

3. Valor do salário de acordo com a sua convenção

Para saber quanto custa um funcionário em Palmas é preciso também se atentar à convenção coletiva da categoria que ele faz parte. Ela é uma ferramenta voltada para que sindicatos e trabalhadores possam ter expressividade.

Dessa forma, durante negociações do acordo coletivo, são estabelecidos reajustes financeiros, piso salarial, jornada de trabalho, regras de cada função, deveres, entre outros.

Portanto, para contratar um novo colaborador é necessário saber o que diz sua convenção acerca de sua remuneração e direitos.

4. Quais são os principais benefícios do colaborador

Na contratação de colaboradores pela CLT também é preciso considerar o valor dos benefícios pagos de acordo com o estabelecido nos acordos coletivos. Portanto, não deixe de levantar informações acerca de:

  • Férias;
  • 13º salário;
  • Vale alimentação;
  • Transporte;
  • Plano de saúde;
  • Entre outros.

 

Quanto custa um funcionário em Palmas, na prática?

Veja a seguir como calcular os custos de um novo colaborador dependendo do regime tributário da empresa.

Negócios atrelados ao Simples Nacional

Este é o regime tributário escolhido pela maioria das micro e pequenas empresas, pois tem alíquotas mais brandas. Além disso, não exige alguns pagamentos, como o INSS patronal, seguro acidente de trabalho (SAT), salário educação, contribuições ao Sistema S (SEBRAE, SENAI, SESI).

Nesse sentido, para saber quanto custa um funcionário em Palmas no Simples Nacional recebendo um salário de R$1.000,00), calcule:

  • 8% de FGTS, ou seja, R$80;
  • Férias: R$ 1.000,00 (valor anual);
  • 1/3 sobre férias: R$ 333,33 (anualmente);
  • 13º salário: R$1.000,00 (valor anual);
  • 8% de FGTS anual: R$ 186,67 (8%)
  • Vale refeição, supondo que seja R$15,00 por dia e, assim, R$330 mensais;
  • Vale-transporte: R$ 8,00 por dia (R$ 176,00 mensal);
  • Provisão Mensal, que inclui férias, ⅓ sobre férias, FGTS anual, 13º salário dividido por 12 meses: R$210,00.

O total é de R$1.796,00. Entretanto, o trabalhador deve pagar 8% de INSS (R$143,68) e 6% referente ao vale-transporte (R$10,56). Dessa forma, contratar um novo colaborador no Simples Nacional custa R$1641,76.

Quanto custa um funcionário em Palmas para empresas do anexo IV do Simples

As empresas que prestam serviço de limpeza, construção civil ou advocatícios são enquadradas no Anexo IV do regime. 

Nele, o percentual descontado do INSS passa de 8% para 20%, e é descontado a parte. Além disso, a empresa precisa pagar o percentual do SAT, que varia de 1% a 3%.

Desse modo, mantém os itens anteriores, como FGTS e ⅓ das férias, e acrescenta:

  •  INSS Patronal (20% de R$1000,00, que é R$200;
  • SAT de 2% : R$ 20,00.

Portanto, no anexo IV do Simples Nacional um funcionário no Tocantins custa R$1861,76.

Quanto custa um funcionário em Palmas no Lucro Real ou Presumido

Para saber quanto custa um funcionário em Palmas para empresas optantes desses regimes, é preciso acrescentar aos valor base:

  • 20% de INSS (contribuição patronal): R$200;
  • De 1% a 3% de seguro de SAT, ou seja, de R$10 – R$30;
  • 2,5% de Salário Educação: R$25;
  • 20% de descanso semanal remunerado: R$200;
  • 8,33% correspondem ao 13º salário, que corresponde a R$83,30;
  • 3,3% para o “Sistema S” (SEBRAE, SENAI ou SESI): R$33;
  • 11,11% de férias mais 1/3 de abono, que é R$144,10.

Dessa forma, o colaborar pode custar até R$1.715,00 para empresa, recebendo R$1000,00 por mês.

 

Qual o momento de pensar em contratar um colaborador em Palmas?

Independente do porte da empresa ou regime tributário, os custos para ter um novo funcionário são altos. Portanto, é imprescindível se preparar para isso.

1. Fluxo de caixa constante

O aumento da produção e de vendas são sinais de que a empresa precisa de um trabalhador. Se você presta serviço, a recusa de clientes por falta de tempo também é um sinal de que o time precisa aumentar.

Contudo, a entrada de dinheiro no caixa também precisa ser constante. Sem isso, fica difícil manter as finanças do negócio em dia e ainda cumprir com as obrigações trabalhistas.

2. Tenha uma reserva de emergência bem definida

A contratação de um funcionário deve ser planejada, assim como qualquer tomada de decisão da empresa. Portanto, antes de divulgar a vaga, comece a poupar para isso. 

O ideal é ter uma reserva de emergência, ou seja, um valor que cubra no mínimo seis meses de salários e tributos.

3. Busque o apoio de uma contabilidade consultiva para fornecer orientação

Um contador que atua o mais próximo da empresa pode ajudar o gestor a definir se aquele é o momento certo para investir em um colaborador. Afinal, ele vai saber analisar detalhadamente as finanças e as necessidades da empresa para tomar essa decisão.

A assessoria estratégica fornecida pela contabilidade consultiva também ajuda a calcular quanto custa um funcionário em Palmas e até mesmo a cuidar da parte burocrática do processo.

Aposte em um bom plano de negócios para contratar o seu colaborador com o auxílio da contabilidade!

Elaborar um plano de negócios capaz de ajudar a definir metas e objetivos da empresa, é fundamental para direcionar o momento de contratação de um funcionário. Sem ele, o empreendedor pode encontrar dificuldades na hora de tomar decisões.

Além disso, ele ajuda a empresa a alocar recursos humanos e financeiros. Ou seja, ele funciona como um guia também na hora de contratar um colaborador. 

Portanto, se você ainda não tem esse planejamento, entre em contato com a Auxílio Contábil, que podemos ajudá-lo a fazer o seu plano de negócios de acordo com as características da sua empresa. 

 

<a href="https://auxiliocontabil.com.br/author/eduardo/" rel="author">Redação Auxílio Contábil</span></a>

Todas as nossas ações estão sempre pautadas em valores os quais defendemos, tais como: Satisfação do cliente; Ética Profissional; Respeito; Confiança; Credibilidade; Responsabilidade Social.

Abrir Mei Grátis Online3 - Auxilio Contábil

Inscreva-se para receber novidades!

Rolar para cima